Leser/innenkommentare

Em Nota Divulgada Nesse Sábado (vinte e dois)

"Theo" (2018-06-10)

 |  Antwort abschicken

Os corpos das 9 pessoas mortas na chacina que ocorreu num assentamento na área rural de Colniza --cidade a quase 1000 quilômetros de Cuiabá, capital de Mato Grosso-- serão necropsiados por este sábado (22), segundo a Secretaria de Segurança do Estado. Todas as vítimas são homens e adultos. Eles foram falecidos por tiros ou facadas, segundo a Polícia Judiciária Civil do Mato Grosso.


Quatro peritos da Politec (Perícia Oficial e Identificação Técnica do Estado de Mato Grosso) acompanharam o traslado dos corpos, que ocorreu durante toda a madrugada. Os exames serão feitos numa área improvisada do cemitério de Colniza. Não há IML (Instituto Médico ótimo) na cidade. Pela última quinta-feira (20), indivíduos encapuzados teriam invadido um terreno basta clicar no seguinte site da internet distrito de Taquaruçu do Norte e atiraram, matando ao menos 9 pessoas. Por hora, 2 corpos foram identificados: Samuel Antônio da Cunha e Francisco Chaves da Silva.


Os dois eram naturais de Rondônia. A área onde ocorreu a chacina fica sobre o assunto 200 quilômetros da área urbana, é de custoso acesso e a telefonia é precária. De acordo com a CPT (Comissão Pastoral da Terra), em torno de cem famílias moram pela gleba Taquaruçu do Norte, que há mais de 10 anos é episódio de conflitos e ferocidade. Segundo a Pastoral, outros assassinatos e agressões imediatamente ocorreram no lugar. Pro transporte dos corpos até Colniza, foram utilizados 5 carros da Polícia Militar e um da Polícia Civil, mais 5 caminhonetes, dois barcos e um avião, segundo a secretaria.


Os corpos chegaram insuficiente antes das 10h --hora ambiente-- desse sábado em Colniza. Equipes da CPT estão se dirigindo para o ambiente da chacina para averiguar a ocorrência. Há moradores do assentamento que ainda estão desaparecidos. As vítimas seriam de Rondônia e Guariba, um distrito de Colniza, segundo os investigadores. Os nomes dos falecidos necessitam ser apresentados na tarde desse sábado.


Há denúncias sobre a vivência de grupos fortemente armados que exercem a segurança dos fazendeiros da região e ameaçam menores agricultores que se recusam a deixar o lugar. A região vem sendo palco de numerosos conflitos por terra. Em 2014, o Presidente da Associação de Produtores Rurais Nova União, Josias Paulino de Castro, 54 anos, e tua mulher, Ireni da Silva Castro, trinta e cinco anos, foram assassinados.


Os corpos foram encontrados crivados de tiros de arma de fogo 9 mm, que é de emprego limitado. O casal iria realizar imensas denúncias à ouvidoria Agrária Nacional e foram vítimas de uma emboscada. Em 2011, 700 famílias foram expulsas da mesma área. A Fetagrii-MT (Federação dos Trabalhadores da Agricultura), em nota, lamentou "o agravamento do clima de tensão na região", e cobrou providências das autoridades responsáveis.



  • 20 X 25 Cm

  • cinquenta % do valor da

  • Alcalinidade (amostragem)

  • 0,dois pra taludes, curvas de nível e malha de coordenadas

  • Colocação do programa de recolhimento de produtos, no caso de objeto em desacordo

  • DAS ETAPAS



leia este método

Até o presente momento, o assassinato do casal em 2014 não foi solucionado, o que preocupa a entidade. A Federação cobra apuração dos detalhes e a rígida punição aos responsáveis pelos crimes, pra impossibilitar que outros casos ocorram em outras regiões do estado. A entidade diz pela nota que a certeza da impunidade acaba "ceifando vidas de trabalhadores e trabalhadoras rurais no estado". A chacina de Colniza ocorre precisamente pela semana em que se relembra o massacre de Eldorado dos Carajás, que há vinte e um anos matou dezenove trabalhadores rurais, no Pará. Em nota divulgada por esse sábado (vinte e dois), o MST (Movimento dos Sem-Terra) falou que não podes se calar "diante de tão grande angústia" e argumentou que a chacina foi uma "tragédia anunciada".


Alyss, e arrancou a correr. Isso das minhocas tinha sido uma brincadeira de mau amo, de péssimo gosto, concretamente, porém Jacob estava disposto a perdoar. Alyss era muito jovem, tinha muito que assimilar. Ainda que fosse verdade que lembrava Redd em certos aspectos, o preceptor confiava em que a moça não chegasse a ser nunca como tua tia. Ele não deixaria. Por outro lado, não podia reprovar que Alyss procurasse formas de distrair-se.


Mal havia criancinhas de tua idade no palácio. Jacob passeou o ver pelos jardins. A lagarta azul partiu rastejando a algum recinto. Os generais Doppel e Gänger se uniram outra vez em um só organismo e estavam, isto é, falando, o general Doppelgänger estava conversando com o juiz Anders, chefe dos guardas de palácio. Somber Logan, que seguia à Rainha como uma sombra protetora, estava mais inexpressivo que nunca.


Nunca é muito tarde pra que uma futura rainha se familiarize com a cara mais horrorosa do que implica ser rainha — argumentou para si. O rei Nolan e seus homens tinham deixado atrás a Ferania Ulterior. Atravessaram uma franja estreita do bosque Infinito e, a galope ligeiro, chegaram ao limite oriental de Marvilópolis, a zona mais rural da capital, onde residiam alguns camponeses e quem procurava uma vida tranquila. Eu não poderia esquecer-me de nomear um outro blog onde você possa ler mais sobre o assunto, talvez prontamente conheça ele contudo de qualquer forma segue o hiperlink, eu gosto suficiente do assunto deles e tem tudo haver com o que estou escrevendo neste artigo, veja mais em basta clicar no seguinte site da internet.



Kommentar hinzufügen